A biblioteca de Grândola volta, este ano, a disponibilizar mais de 500 livros aos veraneantes de duas praias do município.© CM Grândola

Este Verão, vai ser mais fácil ler um livro à beira-mar. Várias praias do país voltam a disponibilizar aos veraneantes bibliotecas gratuitas instaladas em pleno areal e que, além de reunirem centenas de livros, proporcionam, também, acesso a diversos jornais diários e revistas.
Uma das mais antigas Bibliotecas de Praia nacionais é a de Grândola que, em 2015, volta a repetir uma iniciativa que arrancou ainda nos anos 90 com o “objectivo de promover a leitura em tempo de férias”.
Este ano, uma vez mais, a autarquia alentejana vai colocar à disposição dos utentes das praias de Melides e do Carvalhal duas bibliotecas com “mais de 500 publicações, entre jornais diários, livros e revista” e que vão funcionar de segunda a sexta-feira entre as 10h e as 17.00 até 28 de Agosto.
Em comunicado, a Câmara Municipal de Grândola explica que o conjunto de publicações “é renovado quinzenalmente” e que as bibliotecas disponibilizam, todos os dias, “para consulta no local e empréstimo na praia, livros, jornais, diários e semanários, pequenos contos, banda desenhada e alguns livros úteis”.
Segundo a autarquia, o acesso à Biblioteca na Praia – que se destina tanto a jovens e crianças como adultos – funciona de forma muito simples: para requisitar um livro ou qualquer outra publicação, basta apresentar no local um documento de identificação. Leituras dos Açores até Esposende

Com o propósito de “prosseguir a missão de democratizar o acesso ao livro e a cultura”, a Chiado Editora vai também, este ano, desenvolver uma ação semelhante em quatro praias do país já a partir do dia 1 de Agosto.
A editora vai instalar bibliotecas nas praias de Carcavelos (Casa da Praia), Tamariz, Praia Urbana do Torel e Ribeira Grande (Açores), disponibilizando, gratuitamente, 300 títulos dos mais variados géneros, revela um comunicado enviado ao Boas Notícias.

“Da literatura infantil ao romance histórico, passando pela poesia e a ficção, estão disponíveis livros, de consulta gratuita, para todas as preferências e idades”, assegura a Chiado Editora, especializada na edição de autores portugueses e brasileiros contemporâneos.
Mais a Norte, o município de Esposende repete o projecto “Bibliotecas de Praia”, que funciona há 19 anos e que, anualmente, serve cerca de 15.000 utilizadores.As bibliotecas vão estar, diariamente, nas praias de Cepães (Marinhas), Suave Mar (Esposende), Ofir e Apúlia, todas elas com bandeira azul, até 13 de Setembro 10.00h às 13.00h e das 14.00h às 18.00h.

Em: Boas Notícias |30/07/2015|