Serra da Estrela, por vezes referida como Serra de Estrela, é o nome dado à cadeia montanhosa e à serra onde se encontram as maiores altitudes de Portugal Continental, constituindo a segunda mais alta montanha de Portugal (apenas a Montanha do Pico, nos Açores, a supera).

Faz parte da mais vasta cordilheira denominada Sistema Central, no subsistema designado como sistema montanhoso Montejunto-Estrela, que se desenvolve no sentido sudoeste-nordeste desde a serra de Montejunto, e o seu cume-pai é o Pico Almanzor. A serra da Estrela é uma zona de paisagem integrada no Parque Natural da Serra da Estrela, que após a sua constituição em 16 de Julho de 1976 se instituiu como a maior área protegida em solo português.

Além da neve, da fauna e flora extraordinárias, o viajante é também atraído pela orografia de proporções colossais (vd. p.e. Cântaro Magro) bem como pela riqueza humana, cultural, histórica e gastronómica da região.

Municípios onde se insere:

A Serra da Estrela situa-se maioritariamente no Distrito da Guarda com 85% da área (74 529,3 ha), tendo também uma pequena área no Distrito de Castelo Branco com 15% (13 762,4 ha). Esta é uma divisão elaborada com base na área protegida de onde estão excluídas as áreas urbanas. Se atentarmos apenas à orografia da serra a área em Castelo Branco será um pouco menor.

A Serra da Estrela insere-se em seis municípios: Guarda, Manteigas, Gouveia, Seia, Celorico da Beira e Covilhã. Toda a região possui uma beleza natural e paisagística de relevo e notável interesse turístico.

 

Em: “Wikipédia, a enciclopédia livre”