Instituto Cervantes vai ser o palco da apresentação do “Las cosas de la vida”.

Las cosas de la vida, a obra que reúne textos de vários escritores distinguidos com o Prémio Iberoamericano de Letras José Donoso, entre eles António Lobo Antunes, é apresentada na quinta-feira (3 de Setembro), no Instituto Cervantes, em Lisboa. A apresentação será feita por Javier Pinedo, doutorado em literatura e coordenador do Prémio acima referido, que o escritor português ganhou em 2006.

O académico, que já traduziu obras de Lobo Antunes, é também autor de um ensaio sobre o escritor, o Novelando voces. En Lisboa con António Lobo Antunes, publicado em 2008. A cerimónia será presidida pelo reitor da Universidade de Talca, Alvaro Rojas Marín e terá início às 18h30. Recorde-se que Lobo Antunes, autor de mais de cerca de 50 títulos, entre romances, poesia e crónicas, estreou-se literariamente com “Memória de elefante”, em 1979. Logo nesse ano publicou Os cus de Judas.

No ano passado, o escritor publicou Caminho Como uma Casa em Chamas e recebeu o Doutoramento Honoris Causa da Universidade Babes-Bolyai e o Grande Prémio de Excelência do Salão do Livro da Transilvânia, em Cluj-Napoca, na Roménia. Também no ano passado, em Udine, em Itália, recebeu o Prémio Nonino Internacional, galardão instituído em 1975 por iniciativa da família Nonino, proprietária de uma antiga e histórica destilaria daquela localidade transalpina.

O escritor português foi já distinguido, entre outros, com os prémios France Culture de Literatura Estrangeira (1996), Médicis Para o Melhor Livro Estrangeiro (1997), Literatura Europeia do Estado Austríaco (2000), Rosalía de Castro (2001), Internacional da União Latina (2003), Ovídio (2003), Jerusalém (2004), Juan Donoso (2006), Camões (2007), Terence Moix (2008), Juan Rulfo (2008) e da Extremadura Para a Criação (2009).

 

Em: Cultura GPS |30 Agosto 2015| Por: Lusa e Sara Chaves