No Intercidades Lisboa-Porto viajava uma bela mulher, com um bebé ao colo. Em frente dela vai sentado um sujeito. Subitamente o bebé começa a chorar. A mulher tira o peito para fora e dá de mamar à criança.

Contudo, ela continua a chorar e a mulher diz-lhe:
- Meu filho, chupa, senão dou a maminha a este senhor!

Então o bebé adormece, mas quinze minutos depois volta a rebentar em choro e a cena repete-se:
- Meu filho, chupa, senão dou a maminha a este senhor!

Faltava já pouco para chegarem ao Porto e mais uma vez a pobre mãe repete o acto e a frase. De repente o indivíduo levanta-se e grita para a mulher:
- Carago, minha senhora… Veja lá se o puto se decide porque eu já devia ter saído em Coimbra!!!