Lusos

Vozes dos Lusos pelo mundo


Graças a Deus, e ao trabalho honesto, honrado profícuo e de êxito de muitos Lusos, a história da Lusitanidade está plena de Grandes Homens, de Grandes lusos que ao longo já de vários séculos, mesmo já ao longo de mais de um Milénio engrandeceram com o seu esforço, o seu saber, a sua coragem, o seu altruísmo e dávida constante de solidariedade com o próximo, enriqueceram e posteriormente ajudaram e ajudam o evoluir da Humanidade no sentido da sua sublimação constante no caminho da Paz e da Inter-felicidade Humana.

Nesta Janela de “Os Lusos” não serão só e meramente relembrados todos aqueles lusos, que como o nosso grande Luís de Camões poetou e rememorou ao dizer que “todos aqueles que por obras valorosas da lei da morte se vão libertando” ou já se libertaram, mas desejamos que aqui sejam indicados, e seus nomes bem expressos, os lusos, que actualmente e no seu dia a dia, e em qualquer parte do Globo que vivam ou trabalhem, desde a Europa à África, às Américas, às Índias, às Ásias, às Austrálias-Oceâneas, e que exerçam qualquer que seja a sua profissão, o fazem com o sentido de pleno cumprimento do seu dever como homens, amigos do seus conterrâneos e vizinhos, conscientes dos valores familiares em que estão inseridos ou que eles próprios criaram, e cujos êxitos profissionais são um verdadeiro exemplo de vida para qualquer outro Luso e grande honra para toda a Portugalidade.

É dever intrínseco e próprio da natureza do Ser Humano, reconhecer o mérito do seu compatriota, e de o louvar, enaltecer e indicá-lo com honra aos seus filhos e descendentes, como um exemplo a seguir e com ele se orgulhar, alegrar e comungar da mesma felicidade fraterna, e dentro da nossa pátria-lusa.