Cerca de duas dezenas de voluntários provenientes de vários países europeus e do México, participam num campo de trabalho internacional que decorre em Caçarelhos, Vimioso, e que promete a realização de um documentário sobre tradições culturais do território transmontano.

Os voluntários estão reunidos na antiga Escola Primaria de Caçarelhos, naquele concelho do distrito de Bragança, até 10 de Agosto e são oriundos de Portugal, Espanha, França, Servia, Alemanha, Russia, Turquia, Itália e do México.

Em declarações à agência Lusa, Miguel Nóvoa, director da Associarte Cine, entidade promotora da iniciativa disse que os voluntários têm formação em diversas áreas como a cinografia, informáticas e área social mas com vontade de saber mais sobre técnicas audiovisuais.

“Os voluntários vão trabalhar no argumento e, depois de ultrapassar esta fase, vão à procurar dos ‘actores’ no seio da comunidade local. No último dia de trabalhos será exibido para o público documentário final”, explicou.

A antiga Escola Primaria de Caçarelhos, que foi restaurada e remodelada, tem em fase de montagem um centro multimédia que pretende ser um local de reunião de jovens realizadores, técnicos, guionistas, actores e outros intervenientes no áudio visual que queiram descobrir a realidade cultural e etnográfica de Trás-os-Montes.

“Este centro pretende ser uma base de apoio, com toda estrutura necessária para o desenvolvimento de trabalhos multimédia e audiovisuais para a realização de trabalhos com profissionalismo”, acrescentou.

Os promotores do campo de trabalho garantem que os jovens europeus têm “vontade” em conhecer a realidade das aldeias do interior do país e contribuírem para a preservação do seu largado cultural, histórico e etnográfico.

“Ao longo dos próximos dias haverá uma descoberta dos sítios mais emblemáticos da região e contacto directo com a população, o que fará com que jovens levem uma experiência única para os seus países de origem e quem sabe, mais tarde voltar com outras pessoas para continuara a descoberta da região “,concluiu Miguel Nóvoa.

O campo de voluntários conta como o apoio do município de Vimioso e da Junta de Freguesia de Caçarelhos.

cipam num campo de trabalho internacional que decorre em Caçarelhos, Vimioso, e que promete a realização de um documentário sobre tradições culturais do território transmontano.

Os voluntários estão reunidos na antiga Escola Primaria de Caçarelhos, naquele concelho do distrito de Bragança, até 10 de Agosto e são oriundos de Portugal, Espanha, França, Servia, Alemanha, Russia, Turquia, Itália e do México.

Em: Notícias ao Minuto|03/08/15 por Lusa|