Segundo  título da carreira para o Vimaranense

Mais uma página de história. João Sousa conquistou este domingo em Valência o segundo título ATP da carreira, ao derrotar na final o espanhol Roberto Bautista Agut, número 24 ATP, por 3-6, 6-3 e 6-4, numa final em que chegou a estar em desvantagem por 3-6 e 1-3.

Com uma exibição na garra, em que foi subindo de nível ao longo do encontro, João Sousa deitou para trás das costas as recentes finais perdidas e conseguiu finalmente agarrar o tão desejado segundo título de carreira, em condições de jogo (piso rápido coberto) muito semelhantes às do anterior, em Kuala Lumpur.

Com este triunfo, Sousa vai subir ao 34.º lugar do ranking mundial, o mais alto de sempre de um tenista português na hierarquia ATP.

Estísticas do encontro.

- Todo o direto jogo a jogo:

6-4: JOGO, SET, ENCONTRO, TÍTULO E HISTÓRIA PARA JOÃO SOUSA! Jogo de serviço em branco para o número um nacional, que soma em Valência o segundo título ATP da carreira. Está escrita mais uma bonita página de história para o ténis português.

5-4: Bautista Agut reduz ainda mais com um jogo de serviço tranquilo e força João Sousa a servir de novo para a conquista do título em Valência. Muitos nervos do português nesta fase.

5-3: Tremeu. João Sousa sente o momento e, visivelmente nervoso, sofre o break que mantém Bautista Agut vivo na final do Valência Open.

5-2: MAIS UM BREAK. João Sousa joga muito, impõe o peso da sua direita, volta a quebrar o espanhol e vai servir para a conquista do seu segundo título ATP!

4-2: O espanhol pressionou a forçou um 30-30, mas João Sousa mantém-se firme e com ténis muito agressivo volta a fechar o seu jogo de serviço. O português está a dois jogos de serviço do título!

3-2: Bautista Agut, como é seu hábito, não vai desistir. Jogo de serviço tranquilo para o jogador da casa, que mantém João Sousa sob alguma pressão.

3-1: Jogo de serviço muito tranquilo de Sousa, que se coloca a três jogos de mais história.

2-1: Com serviços de qualidade, Bautista quebra a série de sete jogos consecutivos de João Sousa e mantém-se encostado ao português no marcador. Sousa mantém, no entanto, a vantagem de um break na terceira partida.

2-0: João Sousa confirma o break com vários winners de direita e tem nesta fase todo o ascendente do seu lado. Sete jogos consecutivos para o número um português.

1-0: Grande começo para João Sousa no terceiro set. O português faz o break rapidamente e assume o comando do encontro.

15H44: Termina finalmente o tratamento a Bautista Agut (na zona do calcanhar direito) e o terceiro set vai começar com o espanhol ao serviço.

15H40: Roberto Bautista Agut vai sendo assistido a problemas físicos antes do terceiro set da final.

6-3: JOGO E SEGUNDO SET, SOUSA! Vamos a terceiro set em Valência, depois de uma excelente ponta final de segundo parcial! O português parece claramente por cima em termos físicos nesta altura.

5-3: MAIS UM BREAK! João Sousa faz mais uma quebra de serviço e vai servir para forçar uma terceira partida em Valência. O vimaranense tem o ascendente totalmente do seu lado neste momento.

4-3: Importante. Num longo jogo, João Sousa salva pontos de break e consegue confirmar o break feito no jogo anterior. O vimaranense comanda um set pela primeira vez nesta final.

3-3: Roberto Bautista Agut parou a meio do jogo de serviço de João Sousa e pareceu estar a sentir algum problema físico, mas acaba por rapidamente regressar ao court.

3-3: ESTÁ FEITO O BREAK! Na sua primeira oportunidade em todo o encontro, João Sousa consegue devolver a quebra de serviço e igualar o marcador do segundo set em Valência.

2-3: Reduz! Num jogo que contou com o melhor ponto do encontro, o vimaranense mantém o serviço e continua apenas um break atrás no marcador. Agora necessitou de ir às vantagens, mas conseguiu manter-se vivo no resultado.

1-3: Mais um jogo de serviço tranquilo para Bautista Agut, que se aproxima do título em Valência. Começa a faltar tempo para João Sousa reagir.

- Durante a troca de campo, um elemento da equipa de segurança é chamado ao court para retirar um espectador.

1-2: Jogo importante para João Sousa, que confirma o seu jogo de serviço e reduz a desvantagem no marcador.

- Agora é Bautista que se queixa de uma direita de João Sousa, que não foi chamada fora. Vida (muito) difícil para o árbitro brasileiro.

0-2: Sousa pressionou, entrou dentro do court com boas direitas, mas Bautista Agut sai bem de uma situação de 30-30 para confirmar o break conseguido no primeiro jogo e aumentar a vantagem. O português continua a desconfiar de forma constante das chamadas dos juizes de linha, gerando constantes conversas com Carlos Bernardes.

0-1: João Sousa não entra nada bem no segundo set. Muitos erros não forçados, especialmente de direita – a sua principal arma – a oferecerem o primeiro break ao espanhol, que tem nesta altura uma vantagem confortável no marcador.

14H48: Arranca o segundo set em Valência.

3-6: JOGO E PRIMEIRO SET, Bautista Agut: O espanhol fecha sem quaisquer problemas uma primeira partida em que foi quase sempre mais sólido e mais estável emocionalmente.

Advertência por abuso de tempo para Roberto Bautista. O espanhol dirige-se a João Sousa, como que insinuando que o árbitro foi pressionado pelo vimaranense. Sousa nega.

3-5: Está feito o primeiro break da final de Valência e é para Bautista Agut. Muitos erros do português, que volta a queixar-se a Carlos Bernardes no final do jogo.

- 0-30 no jogo de serviço de Sousa e agora é o português que pede explicações ao árbitro. O público não gosta e… assobia.

3-4: Bautista Agut volta a fechar o seu jogo de serviço sem enfrentar pontos de break, mas desta feita João Sousa já chegou a ter vantagem de 15-30. O português acabou por falhar uma resposta de esquerda no ponto de jogo do espanhol.

3-3: Muito bem João Sousa! O número um nacional fecha igualmente em branco o seu jogo de serviço, parecendo cada vez mais dentro do encontro desta fase. Passa a pressão para o espanhol!

2-3: Jogo em branco para o jogador da casa, que continua a fechar mais facilmente os seus jogos de serviço. O espanhol, entretanto, vai discutindo com o árbitro brasileiro Carlos Bernardes.

2-2: Melhor João Sousa agora, empatando novamente o encontro com um jogo de serviço fecharo a 30.

1-2: Mais um jogo de serviço tranquilo para Bautista Agut, embora João Sousa desta feita tenha ganho dois pontos, pressionando um pouco mais o jogador da casa.

1-1: Importante. João Sousa, que entrou muito nervoso no encontro, iguala o marcador após salvar dois pontos de break, num jogo bastante longo. Início de encontro muito equilibrado.

0-1: Bom começo de Roberto Bautista Agut, que entra no encontro com um jogo de serviço em branco, ajudado por alguns erros do português.

14H06: Os dois jogadores já estão em court para o aquecimento.

- Boa tarde. João Sousa, número 46 do ranking ATP, mede forças a partir das 14 horas com o espanhol Roberto Bautista Agut (24.º ATP) na grande final do ATP 250 de Valência, evento que encerra a temporada do português e que distribui 537 mil euros em prémios monetários.

- O português chega à final deste torneio depois de vitórias sobre Gilles Muller (1.ª ronda), Benoit Paire (2.ª ronda), Pablo Cuevas (quartos-de-final) e Vasek Pospisil (meias-finais), tendo perdido um set apenas diante do francês, na quinta-feira.

- Já Bautista Agut ultrapassou Nicolas Almagro (1.ª ronda), Andrey Rublev (2.ª ronda), Mischa Zverev (quartos-de-final) e Steve Johnson (meias-finais) rumo à sua segunda final consecutiva, depois de na semana passada ter perdido o encontro decisivo em Moscovo, frente a Marin Cilic.

- João Sousa procura o seu segundo título da carreira, depois de ter vencido a sua primeira final em Kuala Lumpur 2013. Desde então perdeu cinco finais: Bastad e Metz, em 2014, e Genebra, Umag e São Petersburgo este ano.

- Em caso de vitória, Sousa sobe ao 33.º posto do ranking mundial, o melhor da história para um jogador português.

Em: Record