Nas crianças pequenas, a área da fralda descartável pode ficar sujeita a inflamações e assaduras, em especial quando o tempo esquenta. O desconforto é enorme. A dermatologista Márcia Pontes, do Rio de Janeiro, aconselha, em primeiro lugar, a mudar a marca do produto, aumentar o número de trocas ou deixar o pequeno sem fralda por algumas horas: “Limpe o local com algodão embebido em óleo mineral, para remover os resíduos de fezes, água morna e sabão de glicerina. Depois, faça compressas com água boricada a 2%, de cinco a dez minutos, duas vezes ao dia.”

Agradecimentos: http://www.curapelanatureza.com.br/