Este mês abriu uma livraria feminista no Porto, a única no país, mas as novidades para os amantes de livros não se ficam por aqui. Em Óbidos acaba de abrir um hotel literário também único no país… e no mundo (pelo menos no entender de Telmo Faria e de Marta Garcia, os proprietários), não pelo conceito, mas pela grandeza.

The Literary Man assim denominaram este seu projeto que junta o melhor de dois mundos, a hotelaria e a literatura. Situado na rua Dom João de Ornelas, em Óbidos, este edifício começou por ser um convento, deu lugar a uma estalagem e agora renasceu como hotel literário.

Mas o que é isto de ser um hotel literário? O nome é autoexplicativo, é nada mais, nada menos que um hotel onde podemos encontrar livros espalhados um pouco por todo o lado, não só como artefacto decorativo, mas, primordialmente, como veículo de cultura. Todos os livros disponíveis no hotel têm como objetivo serem lidos.

literary
(Imagem: Reprodução Volta ao Mundo)

São 45 mil livros, dos velhos clássicos à literatura mais moderna, divididos por todos os estilos e categorias literárias possíveis, sendo que a grande maioria se encontram em língua inglesa.

A estadia no The Literary Man custa em média 95 euros por noite, com pequeno-almoço incluído.

 

 

em Conexão Lusófona. Ver artigo