Realizou-se no passado dia 8 de Maio de 2016, dia da Ascenção do Senhor e Aparição de S. Miguel Arcanjo, o encontro das Damas e Cavaleiros confrades da Ordem de Ourique no Picoto da Melriça, seguido de um almoço em Vila de Rei.

Além da beleza natural e espiritual do sítio, houve ainda a oportunidade de constatar a leveza da água dessa mesma serra através de um fontanário que se encontrava perto do picoto com alusão à Rainha Santa Isabel e a el’Rei D. Diniz.

Pelas palavras do Grão-Prior do Centro de Portugal e Algarve da Ordem de Ourique que explicou a importância da efeméride, “outrora a solenidade da Ascensão confundia-se com a de Pentecostes, porque o Tempo Pascoal era considerado um só dia de festa, com início na Páscoa e terminus na descida do Espírito Santo. Porém, QUARESMA é a QUARENTENA pré-Páscoa e a QUARENTENA pós-RESSURREIÇÃO é a LUZ DA VIGÍLIA DOS QUARENTA DIAS que ritualmente cessa com o apagar do CÍRIO PASCAL imediatamente após a leitura do Evangelho do Dia de Ascensão, um preceito de grande valor imaterial, pouco explicado. Só se volta a acender o CÍRIO PASCAL na Vigília do Pentecostes, na bênção das Fontes. O Domingo de Páscoa é sempre sequente à LUA CHEIA do Equinócio da Primavera e o Domingo da Ascensão é sequente à LUA NOVA na semana do DIA DA ESPIGA, havendo muitos Concelhos de Portugal que neste dia têm o seu Feriado Municipal, dando-se ou vendendo-se o molho da Espiga. A QUARENTENA DA TREVA antecede a QUARENTENA DA LUZ.

Assim foram os QUARENTA anos no Deserto com Moisés que não precisava de entrar na Terra Prometida, porque era um Ser de Luz, estando QUARENTA DIAS E NOITES na Montanha para receber os MANDAMENTOS em DUAS PLACAS DE PEDRA. Assim foram os QUARENTA dias no Deserto com o jejum de Jesus, tentado pelas TREVAS, mas que as venceu, para a sua Missão de LUZ, porque era já Cristo. Assim o Patriarca Noé sofreu QUARENTA DIAS E QUARENTA NOITES de Dilúvio. Assim se punia com QUARENTA chicotadas quem «errava». São Paulo sofreu 5×40 (2 Coríntios11-24), mas os judeus deram-lhe menos uma. Até a lenda de ALI BABÁ E OS QUARENTA LADRÕES deve merecer atenção na nossa vida, porque ela emana do Livro das Mil e Uma Noites, os Mil Raios do TAOÍSMO ou do Lótus de Buda, ou mesmo da  MILRIÇA, CENTRO DO LÓTUS DE PORTUGAL.

O Equinócio da Primavera «situa-se» a 21 de Março com a liturgia de São Bento. Sua irmã, Santa Escolástica, morre 40 DIAS antes, elevando-se em Pomba do Espirito Santo, sendo celebrada a 10 de Fevereiro. São Bento foi proclamado Padroeiro da Europa (11 de Julho) pelo Papa Paulo VI, em 1964. No Ciclo Pascoal surge a 8 de Maio o Arcanjo São Miguel, uma efeméride assente no dia 8 de Maio de 525, uma Aparição na Apulia, no cume do Monte Gargano, próximo do Mar Adriático, frente a Roma. Eram, antes, tempos de guerra entre os ostrogodos de Teodorico e Odoacro (pontificado do Papa Gelásio I) pelo título de Rei de Itália que o primeiro vence e obriga o Papa João I a celebrar a Páscoa em Constantinopla (ano 523) para que o bizantino Imperador Justino deixasse de perseguir os arianos. O Arcanjo Miguel surge logo após Teodorico ter encarcerado o Papa João I que morre na prisão de Ravena. A Igreja de Cristo tinha sacerdotes que com facilidade voltavam ao estado laical, faziam vida pouco edificante e os Papas cuidavam mais de Cismas (Alexandria e Bizâncio), da família, dos filhos e das intrigas entre bispos do que dos fiéis.

Só em 590, com o Papa Gregório Magno, a Igreja de Roma voltou a ter algum prestígio, mas só o Imperador Carlos Magno (742-814) lhe deu estabilidade. Esta Aparição de São Miguel esteve na «origem» da Ordem de São Bento, sendo fundado o Mosteiro de Monte Cassino em 528, um berço donde sairam 24 Papas, o primeiro dos quais Bonifácio IV (608-615). As Ordens Monásticas surgiram sempre durante as maiores crises da Igreja de Cristo. A Grande Guerra na Europa cristã, militar, política e religiosa, começa com o rei Clóvis, cunhado de Teodorico, contra Alarico II, rei dos Visogodos  (484-507). Só a 8 de Maio de 1945, Dia de São Miguel, com o fim da II GUERRA MUNDIAL (Japão 14 AGOSTO, Vésperas da Ascensão/Assunção da Mãe de Jesus) a Europa tem a Primeira Paz, após 1460 anos, com a prévia tomada do Monte Cassino de São Bento.”

Fica ainda um breve registo do encontro, que apesar do forte vento e chuva que se fez sentir, não demoveu o entusiasmo e participação neste encontro na Serra da Melriça.