Até Abril de 2010, 90 painéis de azulejos portugueses que traçam a história da arte cerâmica entre o século XVI e a actualidade, podem ser vistos pelo público no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, capital do estado brasileiro do Paraná.

Provenientes do acervo do Museu Nacional do Azulejo, os painéis são exemplares da herança da cultura árabe em Portugal e traçam um panorama da história da arte da cerâmica portuguesa, do século XVI até a actualidade. A exposição, intitulada «Figuras e Padrões – A encomenda do azulejo em Portugal do século XVI à actualidade», apresenta exemplares das encomendas que eram feitas pela Igreja, pela nobreza e pelo público em geral. “As peças refazem um pedaço da história que remonta aos fatos bíblicos”, informam os organizadores.
A mostra reúne exemplares que retratam as encomendas feitas pela igreja, pela nobreza, pelo público e por novos clientes, até à actualidade com a produção de artistas contemporâneos.
A utilização de revestimentos azulejares em Portugal data do início do século XVI, com a utilização de azulejos de padrão, de matriz islâmica, fabricados em Sevilha, na Espanha. Desde então, o azulejo tem sido utilizado ininterruptamente, em uma renovação permanente de gostos e estéticas, aqui ilustrada por trabalhos de artistas contemporâneos ao longo de toda a mostra. Aberta até 11 de Abril de 2010, pode ser visitada de terça a domingo, das 10 às 18 horas.