Está familiarizado com o termo permacultura? Não, então fixe bem, que vai entrar no léxico comum dentro em breve, disso temos a certeza.

Denomina-se permacultura a um projeto ambiental que utilize métodos ecologicamente saudáveis, economicamente viáveis e que responda às necessidades básicas, sem pôr em causa o ambiente, de forma sustentável e autossuficiente no longo prazo.

A permacultura promove o melhor aproveitamento dos recursos naturais (fauna, flora e recursos hídricos) sem que estes sofrem quaisquer impactos ou perturbações negativos.

O lema do permacultor é trabalhar com a natureza e nunca contra esta.

No Brasil há (pelo menos) cinco paraísos naturais geridos segundo os princípios da permacultura, que pode visitar e onde pode ficar sem ter que pagar, ou melhor, sem ter que gastar dinheiro com isso, nestas comunidades, paga a estadia e o que come com trabalho a favor da comunidade e do espaço que usa.

Interessante, não? Se a ideia já está a tomar forma na sua cabeça, mas ainda está com dúvidas, dê uma vista de olhos nos cinco sítios de que lhe falámos.

 

Alto Paraíso – Goiás

(Imagem; Reprodução Catraca Livre)
(Imagem: Reprodução Catraca Livre)

 

Chapada Diamantina – Bahia

(Imagem: Reprodução Catraca Livre)
(Imagem: Reprodução Catraca Livre)

 

Jericoacoara – Ceará

(Imagem: Reprodução Catraca Livre)
(Imagem: Reprodução Catraca Livre)

 

Paraty – Rio de Janeiro

(Imagem: Reprodução Catraca Livre)
(Imagem: Reprodução Catraca Livre)

 

João Pessoa – Paraíba

(Imagem: Reprodução Catraca Livre)
(Imagem: Reprodução Catraca Livre)

 

 

em Conexão Lusófona. Ver artigo